A história dos lobos de todas as cores, de Meneer Zee

Lobos pra todos os gostos!

Desde a história “Os Entalados“, criada pela minha mãe, que eu tenho uma queda pelas que mostram o ponto de vista do lobo, sempre tido como mau. Ou histórias que mostrem lobos de formas diferentes das que estamos acostumados. Então o título desse livro já me chamou a atenção logo de cara! A história dos lobos de todas as cores?! Quero!!!

Você sabia que tem Lobo Amarelo, Lobo Azul e Lobo Vermelho?!

Nessa história a gente descobre que existem lobos das mais diferentes cores e que a maioria deles gosta de passar despercebido numa página de livro. O Lobo Amarelo mora numa página inteirinha amarela, o azul numa página inteirinha azul e o vermelho idem! Até o dia em que o Lobo Azul percebe que seu rabo é muito longo pra ficar escondido em duas páginas, aí é um tal de lobo visitar lobo e se esconder atrás de lobo!

lobo vermelho
Vermelho…. de ciúme?

Eles acham que a solução está no Lobo Branco, que habita muuuuuitas páginas, afinal, maioria delas são…. brancas! Só que o Lobo Branco quer dar uma de espertão pra cima dos outros lobos e diz que pode escondê-los todos na sua barriga e engole todos eles!!! Aí entra o Lobo preto, tido como mau, que não mora em página nenhuma, afinal, é raro encontrar páginas com sua cor.

lobo preto e lobo branco
Quem é o Lobo Mau??

Será a rendição do Lobo Mau? Uma história bem divertida, que me diverti muito contando!

 A história dos lobos de todas as cores, de Meneer Zee e Gitte Vancoillie. Editora Biruta

Salvar

Inscreva-se e curta!

veja também