Inspirando pequenas cientistas – livro As Cientistas

Inspirando pequenas cientistas – livro As Cientistas

Cada vez mais estão surgindo livros focados em empoderar as meninas, acho esse movimento muito legal! É importante que as crianças saibam que podem escolher ser profissionais das mais diversas áreas, independente do gênero. Meninos poderão ser bailarinos, pedagogos, fazer crochê ou serem donos de casa, se assim quiserem e suas condições de vida permitirem, é claro. Da mesma forma as meninas poderão escolher lutar boxe, presidir uma empresa ou serem cientistas. Para isso é necessário haver exemplos que mostrem que é possível! Que tal inspirar suas pequenas cientistas?

Nesse sentido, o livro As Cientistas – 50 mulheres que mudaram o mundo é inspirador e cumpre bem esse objetivo.

Valentina Tereshkova – engenheira e cosmonauta, foi a primeira mulher no espaço.

Como o próprio título diz, a obra fala de 50 cientistas mulheres através de pequenas biografias. Os textos são curtos e muito bem escritos, trazem várias curiosidades sobre cada uma das retratadas e ainda são acompanhados de ilustrações lindas e coloridas.

O que estudar pra trabalhar com chipanzés? Jane Goodall dá a letra.

Apresenta biólogas, astrofísicas, matemáticas, oncologistas, psicólogas, físicas, neurologistas,, zoólogas, bioquímicas e etc… desde Hipátia, nascida em algum momento entre 350 e 370 no Egito, uma das primeiras matemáticas de que se tem notícia, passando pelas célebres Marie Curie e Katherine Johnson, física e matemática da Nasa que foi retratada no filme Estrelas do Tempo até chegar em Maryam Mirzakhani, a mais nova retratada, nascida em 1977.

Pra ficar mais completo – dados científicos e mais

O que deixa o livro ainda mais completo é que ele traz informações complementares aos pequenos curiosos:

  • apresenta uma linha do tempo da luta das mulheres na educação e na ciência;
  • duas páginas dedicadas aos instrumentos de laboratórios, falando da importância deles no trabalho de cientistas e ilustrações para que possamos conhecer cada um deles;
  • estatísticas que mostram como as mulheres são pouco representadas nos campos de STEM (ciência, tecnologia, engenharia, matemática);
  • glossário – afinal, nem todo mundo está habituado com os termos utilizados, né? Acelerador de partículas, arcos elétricos, glicose, teoria freudiana e muitas outras coisas: tá tudo explicadinho de um jeito que a gente consegue entender.

E como existem muito mais do que as 50 retratadas, ainda tem um “chorinho” com mais algumas cientistas que também fizeram a diferença no mundo e até um espaço pra próxima cientista, que pode ser uma leitora, por que não?!

Capricho na edição e preço camarada!

Esse é um livro que chama a atenção na prateleira! Como é possível ver nas fotos, ele é todo na cor chumbo, com as ilustrações que saltam aos olhos, parece que somos transportados pro meio do universo. A capa é dura, o papel do miolo é numa gramatura bacana, impressão impecável, todo lindão!

Uma edição tão linda e caprichada assim e com excelente conteúdo por menos de R$50,00 na Amazon.

Sobre a autora

O livro foi escrito e ilustrador pela Rachel Ignotofsky e no site da editora Blucher, responsável pela publicação da obra no Brasil, ela é descrita assim:

“Cresceu em Nova Jersey em uma dieta saudável de desenhos e pudim. Ela se formou em Design Gráfico pela Tyler School of Art em 2011. Atualmente mora em Kansas City, Missouri, onde passa o dia todo desenhando e aprendendo tanto quanto pode. Rachel é inspirada pela história e pela ciência e acredita que a ilustração é uma poderosa ferramenta que pode tornar o aprendizado emocionante. Ela espera que este livro inspire meninas e mulheres a seguir suas paixões e sonhos”

Olha a apresentação do livro feita pela própria:


Salvar

Salvar

Salvar

Inscreva-se e curta!

veja também