Como "o céu é o limite" dá pra brincar de outras formas para contar histórias com as cartas.

Gerador de histórias divertidas

Gerador de histórias divertidas

Ajudando a criar histórias

Faz um tempo que ganhei de uma amiga essa caixa com o Gerador de Histórias Divertidas, de Paulo Tadeu. Me lembrou um pouco da minha própria Antena Captadora de Histórias.

É uma caixinha com 100 cartas divididas entre 4 categorias: personagem, ação, lugar e complemento. A maneira mais básica de usar as cartas é o leitor/contador pegar uma carta de cada categoria utilizando os elementos descritos em cada uma para criar sua história.

Como "o céu é o limite" dá pra brincar de outras formas para contar histórias com as cartas.

Uma boa forma de estimular a imaginação e a criatividade além de ser um bom exercício para desenvolver narrativas. Dá pra criar uma história em conjunto: cada participante pega uma carta e continua parte da narrativa criada pelo participante anterior utilizando sua carta, por exemplo!

Ou, como num jogo, um jogador é escolhida “narrador” da rodada e começa a contar uma história até que um participante mostra uma carta e o narrador deve inserir aquele elemento surpresa pra continuar sua história até chegar ao fim. Como “o céu é o limite” dá pra brincar de muuuuitas formas  para contar histórias com esse divertido gerador.

Fato é que é muito divertido para entreter tanto crianças quanto adultos, uma forma de brincar contando e desenvolvendo histórias.

Salvar

Inscreva-se e curta!