abuso-não

Abuso não! Informações para prevenção de violência sexual na infância

Abuso não! Informações para prevenção de violência sexual na infância

Abuso não!

Desde que fiz o vídeo Pipo e Fifi – prevenção de violência sexual para crianças, percebi o crescente interesse do público do canal nesse assunto. O vídeo viralizou no facebook e whatsapp, muitos demonstraram interesse em comprar o livro e espalhar o conteúdo pra mais e mais pessoas.

A mesma coisa aconteceu quando fiz a resenha sobre o livro Não me toca, seu boboca!. Foi então que pensei que seria interessante fazer mais um vídeo falando sobre prevenção de violência sexual e também esse post para concentrar todas as informações que já coloquei aqui no blog a respeito e outras que podem surgir a partir de então.

Livros e cartilhas impressos

Pipo e Fifi – prevenção de violência sexual para crianças – é uma ferramenta de proteção que explica às crianças a partir de 4 anos conceitos básicos sobre corpo, sentimentos e emoções. Ensina a diferenciar toques de amor e toques abusivos, apontando caminhos para o diálogo, proteção e ajuda. Pode ser comprado nesse link.

Pipo e Fifi para bebês – é uma versão do livro Pipo e Fifi, dirigida às crianças da Educação Infantil e Creche, seguindo a mesma metodologia lúdica de proteção. Esse link também traz informações sobre como reconhecer em crianças tão novas comportamentos que sinalizam abuso sexual.

não me toca, seu boboca

Não me toca, seu boboca!livro infantil que trata do abuso sexual infantil. Um “tio” bonzinho que encantou a todos os animais do bairro, brincando e dando-lhes presentes.

o segredo da tartanina

O segredo de Tartanina – coloca em evidência a vulnerabilidade infantil através da exploração do tema bullying.

Guias e cartilhas na internet

Violência sexual contra meninos – nesse link são abordados alguns mitos, que todos absorvem até certo ponto, especialmente meninos e homens que tiveram experiências sexuais indesejadas ou abusivas.

Aqui ninguém toca é um projeto do Conselho Europeu. – A regra “aqui ninguém toca”é um guia simples para ajudar os pais a explicarem aos seus filhos que partes do corpo não devem ser tocadas por outras pessoas, como reagir se isso acontecer e onde procurar ajuda.

keeping children safe

Keeping children safe – guias e atividades específicos para pais, crianças e profissionais cuidadores, em inglês.

Vídeos

defenda-se

Defenda-se – uma campanha composta por uma série de seis vídeos, voltados para a autoproteção de crianças e adolescentes de 5 a 11 anos. É baseada nos conceitos da “Versão Amigável”, que não foca a violência em si, mas a proteção e a defesa.

Realizada pelo Centro Marista de Defesa da Infância e Lumen Comunicação em parceria com a Fundação de Ação Social de Curitiba.

pipo e fifi

Fafá conta Pipo e Fifi – contação da história do livro para crianças que devem estar acompanhadas de adultos de sua confiança.

não me toca

Fafá conta Não me toca, seu boboca! – contação da história do livro para crianças que devem estar acompanhadas de adultos de sua confiança.

Podcast

Pedofilia – o episódio 123 do Mamilos Podcast trouxe uma conversa sobre a dimensão médica e legal dos comportamentos pedófilos para entender como podemos construir uma sociedade mais segura para as nossas crianças.

Como e onde denunciar

Disque 100 – Serviço de proteção de crianças e adolescentes com foco em violência sexual, vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, da SPDCA/SDH. Basta discar o número 100 (é gratuito e aceita denúncias anônimas).

Proteja Brasil – Esta iniciativa do UNICEF permite que sejam feitas denúncias diretamente por um aplicativo disponível para android e IOS, além de localizar os órgãos de proteção nas principais capitais e ainda se informar sobre as diferentes violações. As denúncias são encaminhadas diretamente para o Disque 100.

Safer Net – Ong que criou um canal de denúncias de crimes na web, e pornografia infantil é o tema mais denunciado.

Dica de profissional

A Caroline Arcari, fez um post no facebook dela que pedi para compartilhar aqui com vocês, aí vai:

*A Caroline Arcari é a autora do livro Pipo e Fifi, pedagoga e educadora sexual, especialista em Educação Sexual pelo CESEX e mestre em Educação Sexual pela UNESP.

Tem muita gente me pedindo um parecer sobre os novos livros sobre violência sexual que estão saindo no mercado editorial.

É uma grande alegria o despertar das pessoas para a necessidade de falarmos sobre esse assunto com as crianças. Para que elas criem ferramentas para detectar a diferença entre toques de afeto e toques abusivos.

A autoproteção, como é chamada essa abordagem, é uma das formas mais eficazes de enfrentamento da violência sexual, sabia? Então, aí vão as orientações na escolha do livro:

  1. Tem livro incrível e tem livro com conteúdo duvidoso. Cabe à família e educadoras/es prestar atenção na qualidade do texto e ilustrações.
  2. Alguns livros, apesar da boa intenção, acabam reproduzindo estereótipos que se afastam da realidade. Abusadores com cara de malvado, pegando a criança à força, com aparência assustadora e ameaçadora. A maioria dos autores da violência são gentis, amáveis e conhecidos da criança e isso PRECISA ser dito a ela.
  3. Alguns livros tratam a violência de forma muito subjetiva. Termos como “toques estranhos”, “carinhos esquisitos” são muito confusos. Quanto mais nova a criança, mais assertiva precisa ser a linguagem. Selecione livros que informem sobre partes íntimas, que revelem como são esses toques abusivos e que abordem questões como segredo e busca de ajuda.
  4. Prefira livros cujos personagens contemplem ambos os gêneros. Livros que mostram apenas meninas sofrendo abuso sexual podem reproduzir o mito de que meninos raramente são vítimas. Sabemos que, estatisticamente, até 27% dos meninos e 36% das meninas sofrem algum tipo de violência sexual até os 12 anos de idade.

Sugestões dos fafãs

Você tem alguma sugestão de material para adicionar aqui? Deixe nos comentários pra que eu adicione ao post. Obrigada!

Inscreva-se e curta!

veja também

1 comentário

  1. é muito importante este post, parabéns Fafá Conta, por mais esta iniciativa ! estou do seu lado apoiando esta luta. #todoscontraoabusoinfantil #abusonao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *